NOVO TIPO DE JUNTA A SER USADO COM CÁPSULA DE ALUMÍNIO PARA UM TIPO PARTICULAR DE AMARGO

OBJETIVO DO(S) PROJETO(S)

Para a realização desta junta foi necessário um trabalho de investigação para a identificação de um material plástico moldável por injeção que permitisse a realização de uma junta de vedação a ser inserida numa cápsula de alumínio para fechar uma garrafa com um tipo particular de amargo no interior.

Um molde piloto de cavidade mono foi construído para a preparação de amostras.

A vedação atual em uso para este tipo de cápsula é constituída por um corpo central em polpa de madeira sobre a qual a cola quente, o papel e o animal de estimação são montados para a composição final da junta de ambos os lados.

O cliente quer uma vedação que possa substituir a que está a ser utilizada.

A nova vedação deve ter características de vedação iguais ou superiores à atual, não deve absorver cores com o produto e deve ter características organolépticas neutras e, portanto, não alterar o sabor do produto, por esta razão foram efetuados ensaios em laboratório.

CONTEÚDOS DE ATIVIDADES DE I&D

Este tipo de vedação não existe no mercado.

A junta tem uma forma tal que não precisa de ser orientada, mas pode ser utilizada em ambos os lados, uma vez que são iguais umas às outras, pelo que a planta de montagem com a cápsula de alumínio não requer alterações mecânicas estruturais para montagem.

A vedação foi feita com um determinado material plástico que é normalmente utilizado em sistemas de compressão e não injeção, a espessura reduzida e a forma da junta permitiram que a junta fosse feita com um sistema de injeção.

INCERTEZA TECNOLÓGICA

Sendo esta uma vedação completamente fora de std teve que ser projetada como formas de material e, acima de tudo, atender às solicitações do cliente.

Os obstáculos encontrados na realização do projeto diziam respeito a vários aspetos, não tínhamos a certeza da possibilidade de imprimir este tipo de material, tínhamos de pensar numa forma para garantir o selo, mas ao mesmo tempo uma forma que permitisse que a peça fosse a mesma de ambos os lados, para evitar ser orientada no carro, a garantia de que a junta colocada em contacto com o produto não absorveu partículas deste e consequentemente foi colorida, outro fator importante foi a obtenção de uma peça que garantisse a estanqueidade do produto contido no interior da garrafa e por isso mudamos o perfil sempre tendo em conta a espessura da parte de contacto com o vidro que tinha de ser igual ou, em qualquer caso, muito semelhante à da junta atualmente em utilizar para evitar ter a mesma maquinabilidade durante a cobertura.

Potrebbero anche interessarti: